16º /
Facebook Instagram
Mapa Coração Rota Rota Rota Fernada Veloso
10
set

“Soroche” – mal de altura é mito?

Postado por: Fernanda Veloso | Categoria: Américas

O “Soroche”, ou mal de altura, ocorre devido às elevadas altitudes da região de Cusco (quase 3.400 metros). É causado principalmente por conta da oxigenação reduzida no sangue, e que podem provocar dor de cabeça, problemas no estômago, vômitos, diarréias, perda de apetite e falta de ar.

IMG_0219

Para quem não está acostumado com grandes altitudes, esse fenômeno não deve ser desprezado.

Quando eu comecei a programar e pesquisar sobre a minha viagem para o Peru, uma das minhas preocupações era com o mal de altitude. Confesso que fiquei com muito medo de passar mal durante os passeios e deixar de aproveitar a viagem.

Entretanto, para falar a verdade esse “mal” não me afetou. Graças a Deus eu não senti nenhum efeito do “soroche”. Acho que, como eu já sabia desse fenômeno, cheguei já com a cabeça preparada e desde o inicio bebi muita água.

bebendo agua

Mas acho que sou uma das poucas exceções porque todos os meus amigos que me acompanharam na viagem sofreram deste mal.

Quero dividir com vocês as dicas de como prevenir o “soroche” e amenizar o mal de altitude em Cusco e Machu Picchu.

Na maioria dos casos os sintomas são leves e podem durar de 4 a 24 horas, dependendo do organismo de cada pessoa. Pode ocorrer:

  • falta de ar aos médios esforços;
  • náuseas e vômitos;
  • tontura;
  • dor de cabeça;
  • insônia;
  • perda de apetite;

Apesar destes sintomas, é muito comum já no segundo ou terceiro dia de viagem, já estar acostumado com estes efeitos. Para isso, é imprescindível tomar alguns cuidados para amenizar esses sintomas e evitar complicações:

  • Água: na altitude e no clima seco, a tendência é perder muito líquido. Portanto, a hidratação deve ser reforçada. Especialistas recomendam a ingestão de 3 a 4 litros de água diários nessas condições.
  •  Sal: evitem comer comida muito salgada e prefiram carboidratos que irão proporcionar mais energia.
  •  Caminhadas: nos primeiros dias faça caminhadas leves. Caso fique cansado e ofegante, pare, descanse e beba água.
  •  Bebida alcoólica e cigarro: a combinação do álcool e cigarro pode desidratar e piorar ainda mais os sintomas. Beba com cautela, já que a altitude vai triplicar os efeitos da bebida.

Para poder informar melhor para vocês, procurei saber com médicos alguns medicamentos recomendados para os sintomas do “soroche”:

Caso tenham dor de cabeça, leve na mala o Ibuprofeno (Alivium, Dalsy…), 600mg de 8/8h, que é normalmente a primeira escolha. Paracetamol (tylenol) e AAS também podem ser usados. Para náuseas e vômitos, é indicado o Plasil ou o Motilium. Evitem o Dramin, já que ele causa sono. Com isso, a freqüência respiratória diminui e pode piorar a falta de ar. Evite medicação para dormir. Esses remédios causam diminuição da freqüência respiratória, e na altitude isso pode até mesmo ocasionar uma parada respiratória.

soroche pills

Na minha opinião, o melhor a se fazer para evitar os sintomas do mal do “soroche” é descansar ao chegar em Cusco ou em algum lugar em que a altitude for elevada para que o corpo se acostume e beber muita água. Também é indicado o chá da folha de coca ou mastigar a folha. Eu achei o chá uma delícia. O gosto se parece com chá de camomila e é oferecido em todos os lugares de Cusco e Machu Picchu. Caso não goste de chá ou ache a folha com o gosto muito ruim, a solução é ir à farmácia e comprar o “soroche pills”. Só falar esse nome que eles vão entender. Ah! Quase me esqueci de falar do mini cilindro de oxigênio chamado OxiShot, vendido em qualquer mercadinho ou farmácia de Cusco.

Cha de Coca

Por isso amigos, o “soroche” não é lenda! Não aconteceu comigo mas acontece com a maioria dos turistas que não estão acostumados com elevadas altitides.

Espero que tenham gostado de mais essa dica sobre a minha viagem para Cusco e Machu Pichhu. E lembrem-se! Essas dicas não são apenas para o Peru. Caso forem viajar para algum lugar que esteja a muitos metros acima do mar, lembrem-se deste post!!

Caso tenham alguma dúvida ou queiram compartilhar alguma dica deixem os comentários abaixo!

Mil beijos

Posts Relacionados

5 de junho de 2014

Tudo sobre Berlim!

Comentários:

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

(*)campos obrigatórios.

®2013 Paixão por Viajar. Todos os direitos reservados.Big Bang Comunicacção